Líder, você já colocou um colaborador na geladeira?

"Líder, você já colocou um colaborador na geladeira?"

Vamos lá a este artigo provocativo, polêmico e importantíssimo para você líder!

 

Líder, colocar um colaborador na geladeira é FINGIR que está tudo bem, quando na verdade você não acredita mais nele, não delega mais nenhum projeto desafiador, não o quer mais em seu time e está só “dando um tempo” para demiti-lo, por não ter coragem ou pela a famosa e “falsa economia”.

Este comportamento, vindo do líder, é péssimo! Sabia?

Imagine o impacto em termos autoestima que isso gerará para a pessoa que “vai para a geladeira”? Como ela se sentirá? Certamente incapaz, no escuro, sem saber como lidar.

Sabe quais são os efeitos dessa situação?

Ela potencializará ainda mais a sombra do funcionário (seus pontos fracos), acarretando em um ciclo vicioso, repleto de comportamentos inadequados. E, pior ainda, o time percebe quando um líder coloca alguém na geladeira, sabia?

São aí que começam as fofocas, a falta de confiança, o clima de tensão, insegurança e baixa performance. Logo, “colocar na geladeira”, acreditem, sempre é UMA PÉSSIMA DECISÃO.

Se você não está satisfeito com o trabalho de seu colaborador, precisa ter coragem e integridade para dar-lhe um feedback, analisar as possibilidades, fazer recontratos de resultado e, em caso de uma não mudança (com feedbacks verdadeiros e assertivos) é possível que se finde o ciclo de trabalho – demissão.

Caso o ciclo de trabalho seja encerrado, sabem como o líder é lembrado pelo colaborador? Como alguém que agiu de forma ética e honesta e, dessa forma, ambos crescem.

Um processo de demissão sempre é doloroso, claro. Mas quando o líder constantemente dá feedbacks e age com a verdade o colaborador certamente terá uma evolução e aprendizado, e num futuro não mais irá cometer os mesmos erros.

Você já fez algo assim, líder? Já passou por alguma situação como essa e colocou alguém na geladeira?

Se sim, fique tranquilo, SEM JULGAMENTO, você não sabia que estava errando. Acreditamos que todas as pessoas querem acertar correto? E por que erram? Porque não sabem.

Mas, de agora em diante, a decisão de fazer diferente é sua. Vamos lá?

 

Preparei um artigo com dicas práticas de como como você pode conduzir um feedback de melhoria, aprimoramento ou desenvolvimento de forma íntegra com seu time, sem ter que colocar ninguém nunca mais mais na geladeira, confira aqui o artigo completo.

 

Um super abraço coach!

Vanusa Cardoso.

Psicóloga, Master Coach, Especialista em Processos Grupais e Parceira Certificadora Extended DISC.

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.